O fungo nosso de cada dia

Olá!

Quando o assunto é sobre fungos ou bolores muita gente tem nojo, ainda mais quando estão nos alimentos. Então como esse é um tema estudado no curso técnico em alimentos, principalmente na parte de microbiologia (que é uma das minhas favoritas) vou compartilhar umas coisinhas interessantes com vocês e esclarecer algumas questões!

IMG_20170726_140848634

By Isamara Nascimento

O termo fungo é bastante abrangente, pois dentro dessa classificação existem aqueles que são deteriorantes, ou seja, estragam os alimentos, os patogênicos que produzem micotoxinas e fazem mal ao nosso organismo e aqueles considerados úteis industrialmente porque são usados para produção de determinados alimentos.

O bolor é aquele fungo que aparece na superfície dos alimentos e tem aparência fofinha e aveludada que se multiplica por meio do ar, pois este carrega os esporos até que eles encontrem outra superfície ideal para proliferação.

IMG_20170316_131430061

By Isamara Nascimento

Se você reparou, os bolores podem apresentar diferentes cores como branco, preto, amarelo, verde e por aí vai! Existem duas explicações: uma delas é porque existem diferentes espécies de bolores com diferentes cores e a outra é devido ao tempo de vida daquele bolor que conforme amadurece vai mudando de cor. Esses bolores são comumente encontrados em todos os alimentos com uma quantidade considerável de umidade e que ficam em temperatura ambiente. Por esses motivos é difícil encontrar bolor em chocolates ou temperos secos, por exemplo, mas não é impossível.

Algumas leveduras são responsáveis por deteriorar alimentos assim como os bolores, porém determinadas espécies de leveduras podem ser utilizadas para produção de cervejas, vinhos, pães, iogurtes e queijos e consequentemente não fazem mal a nossa saúde como por exemplo a Saccharomyces cerevisiae.

Já que entendemos algumas coisinhas sobre os fungos, um exemplo:

IMG_20161027_125707703

By Isamara Nascimento

Quando você compra um pacote de pão de forma e deixa algum tempo parado em cima da sua mesa você pode começar a observar o surgimento de alguns bolores escuros na superfície, mas são só alguns pontinhos e estão em uma fatia só… Não tem problema, né?Então, você joga fora a fatia embolorada e come as restantes, OU PIOR, corta o pedaço com bolor e come a outra metade!!!!!

Conselho de amiga: Não façam isso! Porque o que você vê na superfície, muitas vezes é só a ponta do problema e no interior do pão está a raiz do bolor que pode ter se espalhado por todo o pão, ou até por todos os pães do pacote por causa dos esporos, lembra? Então, jogue tudo fora que é mais seguro.

Se por acaso você comprar algum produto que já venha estragado do mercado, notifique a empresa por meio do SAC, mas lembre-se de guardar o produto, assim a empresa consegue trocar para você, analisar se existe algum problema de processamento ou falha na produção e você ainda vai ajudar no processo de rastreamento interno do produto da empresa. Reclamações no Facebook não são legais ok?

Se você tiver algum caso interessante para contar ou alguma dúvida escreva aqui nos comentários e a gente conversa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s